Como estimular a autonomia dos idosos?

Como estimular a autonomia dos idosos? 17 jun 2022

Por : Gran Giardino

Como estimular a autonomia dos idosos?

Quando chega a terceira idade, é comum que os familiares e pessoas próximas tenham mais preocupações e até enxerguem uma incapacidade nos idosos. Porém, essa é uma ideia equivocada que pode ser eliminada. Mas, afinal, como estimular a autonomia dos idosos?

É muito importante respeitar a independência e autonomia do idoso para que ele viva com mais qualidade e seja capaz de seguir o seu dia a dia da forma mais autônoma possível, de acordo com suas particularidades, é claro.

Neste artigo, preparamos algumas dicas valiosas de como estimular a autonomia dos idosos. Continue lendo e saiba como seguir por esse caminho!

 

Dê a eles tarefas diárias para que se sintam úteis

É muito importante criar uma rotina e dar tarefas diariamente para que o seu familiar ou paciente idoso se sinta mais útil. Dê um voto de confiança e tenha paciência, essa pequena atitude é capaz de aumentar a autoestima do idoso e estimular muito a sua autonomia.

 

Incentive a prática de exercícios físicos

A prática de atividades físicas é essencial para o bom funcionamento do corpo como um todo, elas auxiliam o metabolismo, atuam contra a perda das habilidades cognitivas, aliviam sintomas de algumas doenças e previnem o aparecimento de doenças como a depressão.

 

Estimule o hábito de se pentear e manter a vaidade

A vaidade é capaz de manter viva a autoestima do idoso. Hábitos simples como se pentear, colocar um acessório legal e escolher uma roupa que o agrade, são capazes de estimular a autonomia e preservar a autoestima, uma ótima aliada para o bem-estar e qualidade de vida, principalmente para as mulheres idosas.

 

Deixe que eles se arrumem sozinhos

Tomar banho, calçar os sapatos e escovar os dentes são tarefas que parecem simples, mas são capazes de fazer toda a diferença na construção da autonomia. Tenha sempre muita paciência, os idosos podem até demorar um pouco mais para realizar essas atividades sozinhos, mas sempre fazem!

 

Incentive a participação em atividades coletivas

Saiba considerar as particularidades e vontades do idoso, e permaneça estimulando a participação em atividades coletivas como jogos em grupo, yoga, hidroginástica e idas à locais em que seus amigos possam estar. A socialização contribui muito para a autonomia e independência do idoso, evitando ou retardando o aparecimento de doenças como demência e depressão.

 

Ofereça uma boa alimentação

Para uma rotina equilibrada, é importante manter uma alimentação saudável e rica em nutrientes necessários para afastar e controlar doenças na terceira idade, garantindo uma boa imunidade e a energia lá em cima! Não se esqueça também de deixar que eles comam sozinhos, nunca critique e observe a atividade com muita paciência e cuidado.

Por último, um lembrete muito importante, lembre-se de sempre ouvir, amparar e respeitar as vontades do idoso. Cada um possui as suas características e particularidades, saiba entender e auxiliar o idoso nas tomadas de decisões, respeitando sempre a sua autonomia!

Apesar das limitações, busque alternativas para que o idoso tenha uma participação ativa no dia a dia, isso fará toda a diferença e com certeza irá trazer mais alegria para o seu familiar ou paciente.

Já segue o Gran Giardino no Instagram? Clique aqui para ficar por dentro de todas as nossas dicas e novidades!

Buscar no site

Newsletter

Envie o seu e-mail e receba sempre as novidades
do Gran Giardino Residencial Sênior.

    Gran Giardino Residencial Sênior - Gran Giardino Residencial Sênior

    Gran Giardino Residencial Sênior

    Nosso objetivo é promover longevidade, vitalidade e independência aos idosos, em um local amplo, aconchegante e seguro, com toda a infraestrutura necessária para a saúde e conforto de nossos hóspedes. Agende uma visita.

    Saiba Mais

    Fale Conosco