A importância do acompanhamento nutricional para um envelhecimento saudável

A importância do acompanhamento nutricional para um envelhecimento saudável 16 set 2021

Por : Gran Giardino

A importância do acompanhamento nutricional para um envelhecimento saudável

O envelhecimento saudável envolve o reconhecimento das alterações do corpo e da mente, principalmente depois dos 60 anos.  Com o avanço da idade, as necessidades nutricionais também mudam e requerem maior acompanhamento.

Estudos mostram que muitos idosos têm déficit de diversos nutrientes, vários fundamentais para a redução de problemas de saúde relacionados à idade. Por exemplo, metade da população idosa consome menos proteína do que a quantidade diária recomendada e até 92% têm baixos níveis de vitamina D no sangue. Outras substâncias importantes, que muitas vezes faltam, são: B123, B64, E5 e C6 e minerais como cálcio, selênio e zinco.

A nutricionista Giuliana Bastos Esteves, que atua nas duas unidades do Gran Giardino, explica que com o avanço da idade, há uma tendência maior de alterações fisiológicas, que prejudicam a nutrição adequada para o idoso.

“Podemos ressaltar a perda progressiva de massa muscular e o aumento da massa gordurosa, redução da sensibilidade por gostos primários (doce, amargo, ácido e salgado) levando à redução da ingestão alimentar, ausência total ou parcial de dentes, redução da produção de saliva, disfagia (dificuldade em engolir, podendo causar engasgos e pneumonias) e dificuldade de digestão e absorção dos alimentos e nutrientes”, acrescenta a nutricionista.

Desta maneira, o acompanhamento nutricional para um envelhecimento saudável é de extrema importância, pois é o nutricionista que irá avaliar, adaptar e orientar a alimentação de acordo com as necessidades atuais do idoso, evitando assim o agravamento do quadro.

No Gran Giardino Residencial Sênior, a avaliação do estado nutricional de cada hóspede é feita semanalmente ou mensalmente, de acordo com a necessidade de cada um. “As visitas semanais e o acesso remoto me permitem avaliar e adequar a quantidade, qualidade e consistência da alimentação ofertada, de acordo com a necessidade do hóspede, assim como prescrever suplementação nutricional, quando necessário”, explica Giuliana.

Além desse acompanhamento, no residencial há uma equipe multiprofissional muito atuante, que agrega um cuidado global ao hóspede e complementa o trabalho da nutricionista, pois sempre há discussão dos casos e alinhamento de conduta.

Se uma das formas de garantir disposição e saúde lá na frente é olhar para o seu prato hoje mesmo, como está o planejamento de seu envelhecimento?

Buscar no site

Newsletter

Envie o seu e-mail e receba sempre as novidades
do Gran Giardino Residencial Sênior.

    Gran Giardino Residencial Sênior - Gran Giardino Residencial Sênior

    Gran Giardino Residencial Sênior

    Nosso objetivo é promover longevidade, vitalidade e independência aos idosos, em um local amplo, aconchegante e seguro, com toda a infraestrutura necessária para a saúde e conforto de nossos hóspedes. Agende uma visita.

    Saiba Mais

    Fale Conosco