Infecção urinária é mais frequente e perigosa na terceira idade

Infecção urinária é mais frequente e perigosa na terceira idade 21 jan 2021

Por : Gran Giardino

Infecção urinária é mais frequente e perigosa na terceira idade

Crianças, jovens, adultos e idosos. A infecção urinária – ou infecção do trato urinário (ITU) – não escolhe quem vai afetar pelo gênero ou faixa etária; e apesar de ser uma doença bacteriana super comum e normalmente de fácil tratamento, segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, é uma das principais causas de internações na terceira idade.

Isso porque o envelhecimento tende a diminuir a imunidade e, consequentemente, a proliferação de microrganismos é facilitada. Além disso, o uso de fraldas geriátricas e a presença de doenças, como diabetes ou Transtorno Neurocognitivo Maior, podem ser fatores agravantes, pois requerem cuidados extras com a higiene e podem confundir os sintomas da ITU com as condições físicas e mentais do idoso.

As chances de mulheres desenvolverem esta infecção são maiores, independentemente da idade, pois o canal da urina é mais curto e se localiza próximo aos ânus, o que facilita a contaminação por microrganismo – quase 100% dos casos ocorrem por meio da bactéria Escherichia coli, que vive em nosso trato intestinal. Outro motivo que beneficia tal diagnóstico em mulheres, agora especificamente em idosas, é a diminuição da produção de estrogênio, que causa ressecamento e inflamação das paredes vaginais.

No caso dos homens, o problema pode ser causado pelo aumento da próstata, causando dificuldade no esvaziamento da bexiga e resultando na ITU.

Os sintomas variam de acordo com as especificações da infecção, que pode ser desenvolvida em qualquer parte do sistema urinário. Quando situada na bexiga, recebe o nome de Cistite e costuma provocar dor no momento de urinar e odor na urina, às vezes acompanhada de sangue. Se não tratada, pode avançar pelo ureter e atingir os rins, onde passa a ser chamada de Pielonefrite, causando dores corporais, mal estar, vômitos e febre.

Especialmente na terceira idade, se não for tratada logo na primeira fase, a ITU pode gerar consequências graves, como uma infecção generalizada, chamada de sepse; abscessos renais, perda da função dos rins, ou até mesmo, a morte. Por isso, é importante sempre estar atento aos sinais de seu corpo e realizar exames de urina com determinada frequência. O geriatra ou o urologista são os especialistas mais indicados para esta situação, ainda que o clínico geral também seja capaz de diagnosticar e ajudar no tratamento.

A melhor forma para se prevenir é combinar as consultas médicas com hábitos saudáveis, como beber bastante água, fazer a higiene íntima de forma adequada, trocar a fralda geriátrica constantemente e não segurar a urina por longos períodos, afinal, estes são os principais causadores da ITU.

 

Referência:

https://drogariasantoremedio.com.br/infeccao-urinaria-em-idosos/

https://acvida.com.br/familias/infeccao-urinaria-em-idosos/

https://blog.partmedsaude.com.br/conheca-as-principais-causas-da-infeccao-urinaria-em-idosos/

https://casaderepousoemsaopaulo.com/blog/cuidado-com-idosos/infeccao-urinaria/

https://www.minhavida.com.br/saude/materias/17658-infeccao-urinaria-nao-tratada-gera-complicacoes-graves

 

Buscar no site

Newsletter

Envie o seu e-mail e receba sempre as novidades
do Gran Giardino Residencial Sênior.

Gran Giardino Residencial Sênior - Gran Giardino Residencial Sênior

Gran Giardino Residencial Sênior

Nosso objetivo é promover longevidade, vitalidade e independência, com uma sede ampla, aconchegante e segura, em um terreno repleto de árvores, com toda a infraestrutura necessária para a saúde e conforto dos hóspedes. Agende uma visita.

Saiba Mais

Fale Conosco