Osteoporose e o envelhecimento: como ocorre, sintomas, prevenção e tratamento

Osteoporose e o envelhecimento: como ocorre, sintomas, prevenção e tratamento 20 out 2020

Por : Gran Giardino

Osteoporose e o envelhecimento: como ocorre, sintomas, prevenção e tratamento

Hoje é o Dia Mundial da Osteoporose, data para ressaltar o combate à doença que causa o enfraquecimento dos ossos e, na maioria dos casos, está relacionada ao envelhecimento. A doença atinge cerca de 10 milhões de brasileiros – uma em cada três mulheres e um em cada cinco homens, a partir dos 50 anos, segundo dados do Ministério de Saúde.

Como ocorre

Nossos ossos parecem ser rígidos, mas na verdade são porosos, formados por células e colágeno, que vão sendo absorvidos e renovados permanentemente. Com o passar da idade, essa velocidade de absorção aumenta e a de renovação diminui.

Resultado: o esqueleto se torna ainda mais poroso, perde resistência aos esforços e começam a surgir fraturas, especialmente na coluna vertebral e nos quadris, às vezes causadas por pequenos impactos. Também podem ocorrer fraturas no úmero, no braço, perto do ombro e no punho.

Sintomas

A osteoporose é uma doença silenciosa, sem sintomas. Muitas vezes, o diagnóstico acontece quando ocorre a fratura do osso, mas existem alguns indícios que podem mostrar se a pessoa tem mais risco de ter a doença:

– Mulheres com menopausa precoce (antes dos 40 anos) e que não fizeram reposição hormonal;

– Homens e mulheres mais magros e baixos;

– Homens e mulheres com deficiência de cálcio e/ou vitamina D;

– Fumantes, já que o tabagismo é um fator de risco para a doença;

– Portadores de doenças crônicas, uma vez que a maior parte dessas doenças aumenta o risco de desenvolver osteoporose.

Um exame muito importante para realizar e dizer quem tem mais risco de desenvolver a osteoporose é a densitometria óssea, feita em um aparelho que mede a densidade do osso.

Prevenção

Três coisas são fundamentais para prevenção:

– Melhorar a ingestão de cálcio por meio da alimentação;

Adequar a quantidade de vitamina D ingerida, pois ela é responsável pelo aproveitamento do cálcio alimentar;

Inserir atividade física na rotina. As atividades mais indicadas para a produção contínua da densidade óssea, são os que provocam grande tensão muscular como: musculação, pilates, hidroginástica, caminhada e dança. Músculos tensos e em movimento colaboram para que os ossos fiquem mais fortes.

Tratamento

Para portadores da osteoporose, é preciso estacionar a perda do osso e, se possível, recuperar um pouco de massa óssea com medicamentos, que estimulam a formação dos ossos e que impedem seu desgaste. O médico irá avaliar o melhor tratamento para cada paciente.

No dia a dia, alguns cuidados para lidar com fragilidade nos ossos e dificuldade de locomoção, se tornam necessários para evitar quedas, especialmente dentro de casa. A recomendação dos especialistas é o uso de barras de segurança em banheiros, elevação da altura do assento sanitário, pisos antiderrapantes e eliminação de desníveis.

No Gran Giardino temos estrutura preparada e uma equipe especializada para dar todo cuidado e atenção que os hóspedes precisam e merecem! Fale conosco e saiba mais sobre!

 

Referências

https://drauziovarella.uol.com.br/entrevistas-2/osteoporose-entrevista/

https://www.reumatologia.org.br/noticias/dia-mundial-de-alerta-para-osteopose/

https://sbgg.org.br/dia-mundial-da-osteoporose-saiba-mais-sobre-os-riscos-da-doenca/

Buscar no site

Newsletter

Envie o seu e-mail e receba sempre as novidades
do Gran Giardino Residencial Sênior.

Gran Giardino Residencial Sênior - Gran Giardino Residencial Sênior

Gran Giardino Residencial Sênior

Nosso objetivo é promover longevidade, vitalidade e independência, com uma sede ampla, aconchegante e segura, em um terreno repleto de árvores, com toda a infraestrutura necessária para a saúde e conforto dos hóspedes. Agende uma visita.

Saiba Mais

Fale Conosco