Qualidade de vida na terceira idade: as principais questões sobre o assunto

Qualidade de vida na terceira idade: as principais questões sobre o assunto 08 jun 2020

Por : Gran Giardino

Qualidade de vida na terceira idade: as principais questões sobre o assunto

Dançar, praticar esportes, viajar, se reunir com os amigos, fazer trabalho voluntário e, ainda por cima, namorar. Essas atividades, geralmente associadas aos jovens, agora já são reivindicadas pelos idosos, que não abrem mão de chegar à terceira idade com qualidade de vida. Afinal, a melhoria da saúde pública e os recentes avanços da medicina proporcionaram um considerável acréscimo na expectativa de vida da população em quase todo o mundo.

Mas, a grande questão em jogo agora não está somente na busca de maior longevidade, mas sim na conquista de uma qualidade de vida, que permita aproveitar a idade avançada da melhor maneira possível. Afinal, todo mundo quer viver mais, mas ninguém quer se tornar um idoso doente ou improdutivo.

Para ultrapassar a barreira dos 60 e dos 70 anos e ainda manter a alegria de viver, é preciso, antes de tudo, compreender o conceito de qualidade de vida. Na verdade, ela engloba diversos fatores e não somente os aspectos físicos. Significa manter o bem-estar físico, mas também o psíquico, além de usufruir de boas relações sociais, ter bom nível de independência e manter-se ativo.

Atualmente, a Organização Mundial de Saúde recomenda a importância de se “adicionar saúde aos anos” das pessoas. Para chegar lá, alguns cuidados básicos devem ser observados.

A atividade física é uma das principais medidas a serem adotadas a fim de manter uma boa qualidade de vida na terceira idade. Os exercícios aeróbicos, o alongamento e as atividades que estimulam o equilíbrio e o fortalecimento são os tipos mais recomendados

É importante também a manutenção de uma vida ativa socialmente. Já está provado que idosos com mais relações sociais tem maior bem-estar e adoecem menos. Portanto, frequentar lugares de interação com outras pessoas, como por exemplo, residenciais para idosos que oferecem o Day Care podem ter um efeito benéfico imenso na saúde.

Outras medidas também muito importantes para manter a qualidade de vida na terceira idade é adotar uma alimentação saudável e realizar periodicamente os exames médicos preventivos. O acompanhamento de um médico geriatra também é fundamental. O objetivo é trabalhar na prevenção.

Portanto, com o aumento da expectativa de vida e a adoção de certos cuidados com a saúde física e psíquica, as chances de se chegar à terceira idade com boa qualidade de vida aumentam consideravelmente. O bem-estar, aliado à experiência acumulada, pode garantir uma vida bastante feliz e proveitosa na velhice.

Por isso, não espere o tempo correr e adote um estilo de vida saudável imediatamente. O resultado será o acréscimo de muito mais “saúde aos seus anos”.

Gostou desse texto? Aproveite a visita, confira mais textos em nosso blog e conheça os serviços que o Gran Giardino oferece para sempre proporcionar qualidade de vidas aos seus hóspedes.

 

Referências

https://sbgg.org.br/qualidade-de-vida-na-terceira-idade-e-desafio-para-as-proximas-decadas/

https://alunosonline.uol.com.br/biologia/qualidade-vida-na-terceira-idade.html

Buscar no site

Newsletter

Envie o seu e-mail e receba sempre as novidades
do Gran Giardino Residencial Sênior.

    Gran Giardino Residencial Sênior - Gran Giardino Residencial Sênior

    Gran Giardino Residencial Sênior

    Nosso objetivo é promover longevidade, vitalidade e independência, com uma sede ampla, aconchegante e segura, em um terreno repleto de árvores, com toda a infraestrutura necessária para a saúde e conforto dos hóspedes. Agende uma visita.

    Saiba Mais

    Fale Conosco